A Cor Púrpura na Broadway

9 10 2007

colorpurple_post1.png

 

A apresentadora de TV americana Oprah Winfrey está produzindo a versão nova-iorquina do musical baseado no romance A Cor Púrpura. Oprah disse ao jornal americano The New York Times que vai investir US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,6 milhões) no musical, que está no circuito da Broadway. A apresentadora disse que trabalhar na Broadway sempre foi um de seus sonhos.

Em 1985, Oprah estrelou, juntamente com Whoopi Goldberg, a adaptação do romance para o cinema que teve a direção de Steven Spielberg. O filme recebeu 11 indicações ao Oscar e Oprah indicada na categoria de melhor atriz coadjuvante.

Oprah disse ao jornal que “espera atrair para a Broadway pessoas de todos os tipos, principalmente aquelas que nunca assistiram a um musical”. A montagem de A Cor Púrpura é baseada no romance de Alice Walker, vencedor do prêmio Pulitzer dos EUA. O livro conta a história de uma americana do sul do país, Celie, que sofreu abusos pelo pai quando mais nova e passa anos sendo castigada pelo marido violento.

Em Janeiro de 2008, entram para o espetáculo a multi-vencedora do Grammy, a cantora Chaka Khan e o também premiadíssimo, cantor, compositor e produtor, BeBe Winans. O anúncio da entrada dos dois no espetáculo foi feito Terça-feira passada pelo produtor do espetáculo, Scott Sanders.

A dupla vai representar a batalha amorosa do casal Sofia e Harpo no musical, enquanto LaKisha Jones, uma das finalistas da última edição do programa American Idol, fará o papel da solista da Igreja que Sofia frequentava. O papel principal fica por conta da cantora Fantasia, que estrela Celie, uma mulher determinada que passa por todos os percauços da vida com perseverança e triunfa sobre todas as adversidades.

E não é só isso, foi realizada uma trilha sonora com o elenco original em performances fabulosas, incluindo La Chanze, como a heroína Celie, Kingsley Leggs, como o bruto Mister e Elisabeth Withers-Mendes como a cantora Shug Avery, entre outros. A trilha é uma mistura do legítimo gospel do Sul dos Estados Unidos com muito blues em arranjos muito bem elaborados e cantado, segundo a crítica do New York Times, de forma “uniformemente excelente do começo ao fim”.

Vale a pena conferir. Se você não pode ir a Nova Iorque para conferir o musical, ele certamente será lançado em DVD ou então, acesse o site da Amazon e adquira o CD da trilha sonora.





O mais novo estúdio do mercado

17 09 2007

masterpiece_post.png

 

Como não poderia ser diferente, após larga experiência na carreira musical, o renomado cantor, maestro, produtor e compositor Robson Nascimento abre seu próprio estúdio, dedicando-se exclusivamente à produções cristãs, seguindo o chamado à Santificação que envolveu todo seu ministério.

A qualidade e excelência de suas produções, principalmente pelo diferencial de seus arranjos e assinatura inconfundível de seus back vocais, que sempre foram alvo do elogio de todos, coroaram o trabalho de Robson como produtor com indicações aos prêmios Troféu Talento – por melhor arranjo musical -, e ao Grammy Latino – pela produção de seu CD solo ‘Tudo O Que Soul’.

“Me dedico muito à preparação dos cantores. Para mim, uma das partes mais importantes da produção é a direção vocal, onde uso toda minha experiência como professor de canto para levar o cantor a atingir o seu melhor”, afirma Robson, mostrando-se apaixonado por esse novo emprendimento.

A Masterpiece Studios tem como marca de suas produções a qualidade e o talento de Robson Nascimento, oferecendo ao cantor o diferencial de uma exclusiva preparação e direção vocal, contando com material de apoio utilizado para preparação vocal e dicas específicas para que se possa descobrir e desenvolver um estilo próprio de cantar e interpretar.

Toda essa experiência, Robson passa a dividir com os leitores do Gospel Inside, iniciando sua coluna dando dicas de gravação. Para maiores informações, ligue para (11) 5908-0856 / 3384-0080 ou acesse www.masterpiecestudios.com.br.





Sai a lista de indicados ao Grammy Latino

30 08 2007

grammy_post.png

A Latin Academy of Recording Arts & Sciences, responsável pela premiação do Grammy Latino, anunciou ontem, dia 29, os indicados em cada categoria. A festa de premiação acontecerá no dia 8 de Novembro no Madala Bay Events Center, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A premiação latina foi idealizada em 1997, quando resolveram dissociá-la da premiação principal do Grammy e transformar o que eram apenas algumas categorias, em um evento próprio, nascendo assim, o Latin Grammy Awards, que iniciou suas premiações no ano de 2000.

A versão latina do Grammy é realizada e dividida da mesma forma que o original, por estilos. A ausência dos brasileiros nas categorias principais deve-se ao fato de o Grammy Latino seguir o mesmo esquema do Grammy americano e do Oscar. Como existe um número pequeno de brasileiros filiados à Academia do prêmio são poucos os artistas e gravadoras que enviam material para concorrer nas categorias, mais de 85% dos membros da Academia são mexicanos, cubanos que vivem em Miami, argentinos, colombianos e, graças ao idioma em comum, acabam tendo uma interação muito maior. Por esse motivo, foram criadas categorias à parte para premiar os artistas brasileiros.

Uma das categorias que premia os brasileiros é a de Melhor Album de Música Cristã cantado em Português. Para concorrer nessa categoria, foram anunciados ontem os nomes de Aline Barros, concorrendo com o album Caminho de Milagres (MK Music); Padre Juarez de Castro, com o album Deus Está Aqui (Lua Music); Eyshila, com o album Até Tocar O Céu (MK Music); Cristina Mel, com o album Um Novo Tempo (Line Records); Robinson Monteiro, com o album Uma Nova História (Line Records) e Oficina G3, com o album Elektracustika (MK Music). Ainda a brasileira Pamela, concorre na categoria Melhor Album de Música Cristã em Espanhol, com um album lançado esse ano com versões em espanhol de seus maiores sucesso também pela MK Music.

Para concorrer ao Grammy, não basta apenas ter lançado um trabalho e ele ser bom, é preciso ser filiado à Academia. Para obter maiores informações sobre como se tornar um membro da Academia e poder concorrer em categorias e/ou participar de votações, acesse o site do Grammy Latino ou envie um e-mail para memservices@grammy.com. Se preferir e for fluente em inglês ou espanhol, ligue para 1+(310) 392-3777.