Reflexão: O Anseio Pela Eternidade

19 11 2007

colunavalmir003.jpg

Em todo ser humano existe um desejo de transcender. A busca do homem por algo além de si mesmo, pela paz interior e equilíbrio da alma já vem desde os tempos antigos através das tradições religiosas e crenças milenares. Mas de onde vem esse desejo do ser humano por valores e poderes que estão além dele?O Rei Salomão escreveu no livro de Eclesiastes (capítulo 3, verso 11), que Deus pôs no coração do homem o anseio pela eternidade. Existe um “vazio eterno” dentro de cada um de nós que existe para que possamos buscar preenchê-lo com a plenitude eterna do Criador de todas as coisas.

Poderíamos dizer que este anseio pela eternidade é do tamanho de Deus, ou seja, só Ele pode preencher esse “vazio eterno”. Ele é o único que pode saciar este anseio pela eternidade que existe em cada coração. Como dizia o apóstolo Paulo: “Ele é tudo em todos”.

O equilíbrio que Buda procurava e os budistas procuram até hoje através das “Quatro verdades nobres” e do “Nirvana” só pode ser encontrado plenamente na paz da redenção que veio através da cruz onde temos livre acesso à Divindade.

O “Caminho Eterno” e que o Hinduísmo busca nada mais é que o Novo e Vivo Caminho que Jesus, o Eterno Sumo-Sacerdote, abriu para todos nós.

Os deuses, semi-deuses e heróis das lendas da mitologia grega mostram a incapacidade humana em tentar criar para si uma imagem divina perfeita e também revelam o anseio pelo mistério que esteve oculto por eras e gerações, o Divino-Humano Jesus Cristo que foi revelado como a imagem do Deus invisível e o modelo perfeito da vontade de Deus para o ser humano.

As penitências e a auto-flagelação que existem em diversas religiões pelo mundo só terão fim quando aflorar a consciência de que tudo está consumado e Deus reconciliou consigo o mundo, perdoando nossos pecados através do Sangue derramado na cruz no sacrifício definitivo de Cristo. Já não são necessários ritos, sacrifícios e cerimonias. Basta a humanidade crer e encontrará a resposta para este anseio pela eternidade que existe na alma. Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.

Agora cabe a nós pregar este evangelho eterno pois como invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados?

Devemos remir o tempo e aproveitar todas as oportunidades.

Pense nisso.

badge_valmir.png

 

Valmir Nascimento é cantor, compositor e integrante do grupo Exemplo. Você pode encontrar mais reflexões no blog Em Sã Consciência. Para contato com o grupo Exemplo, envie e-mail para contatoexemplo@yahoo.com.br.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: