Análise: Templo Soul ~ O Que Há De Melhor Em Mim

19 10 2007

ts_coletanea.png

Com um repertório que possui letras criativas que tratam não só de assuntos relacionados ao cristianismo, mas também de situações que vivemos em nosso dia-a-dia, a banda Templo Soul já soma em sua carreira três discos de louvor e adoração com versos que vão além dos clichês e chavões evangélicos.

Pioneiros na black music, fazendo um soul de primeira qualidade, tiveram seu primeiro álbum lançado no final da década de 90, intitulado apenas Templo Soul, onde a música “Caixa d’água” se tornou uma das mais pedidas nas programações das rádios evangélicas de todo o País.

Nestes 10 anos de ministério receberam vários prêmios, entre eles, o B-Unit de melhor show em 2004 e o Troféu Talento de melhor cd de Black Music em 2005.

Em abril de 2006, gravaram um cd em parceria com grupo APC 16 (somando então quatro álbuns ao total), onde conseguiram mostrar toda sua versatilidade nessa junção de estilos.

“O Que Há De Melhor Em Mim” é uma coletânea que trás um repertório com 14 canções, sendo uma inédita ao lado de 13 hinos produzidos por Rogério Sarralheiro e encontrados em disco do TS ou em participações da banda com amigos e irmãos.

O encarte traz um visual gráfico bacana, mas é bem simples. E, infelizmente, não traz a letra das canções que não são encontradas nos demais álbuns da banda.

“Sou, Dou, Vou (Pelo Meu Poder)” dá início a viagem musical. Cantado em primeira pessoa (como se fosse Jesus falando), o hino versa sobre Cristo de uma forma criativa e inteligente. Realmente é muito interessante. Só mesmo ouvindo pra conferir.

O hino conta com a participação do Art-E (Arte do Evangelismo). Este grupo de rap, que lançou no início de 2007 o excelente disco “Haja”, é o primeiro produzido por Rogério a ser lançado pelo selo Caixa d’água. O louvor não faz parte deste cd, mas sim do seu álbum solo que será lançado em 2008.

“Pista Do Céu” é um soul dançante com pitadas jazzísticas. Fez parte do repertório do segundo disco da banda “Não desista”.

“Alvo + Que A Neve” conta com a participação de Luo e também irá para o álbum solo de Sarralheiro.

Além das rimas e dos versos envolventes, o louvor traz ainda o refrão do hino “Alvo Mais Que A Neve” executado em um sample de um vinil antigo com pitch da voz alterado, dando aquela pitada divertida e irreverente na música usada também nas canções “Firme” e “Oh Vem” do TS & APC.

“Caixa D’Água” é um hino evangelístico com uma letra ousada. Foi através dessa canção que o Templo Soul alcançou notoriedade nacional. “Se você precisa de um bagulho pra ficar doidão, eu tenho a coisa certa, não é igual a nada que você já viu ou experimentou em sua vida, não é erva, não é pó e nem bebida”. Destaque para o naipe de metais com ataques precisos. Soul de primeira qualidade.

“Tua Presença” é um hino dançante muito bacana encontrado no álbum “Minha vida não para” de Francisco JC. O disco deste representante carioca da black music nacional foi produzido por Rogério, Silvera e Nehemiahs Avlis e traz, entre outras, uma excelente releitura de “Advogado” da banda “O Semeador”.

A única música inédita do TS é um soul de raiz. “Só A Graça” traz aquela pegada de guitarra característica desse estilo. Destaque para a metaleira que marca presença quebrando tudo e justificando o fato de serem chamados de “metais em brasa do Templo Soul”.

O hino escolhido para dar nome à coletânea é encontrado no terceiro disco da banda. “O Que Há De Melhor Em Mim” traz interpretações cativantes de Rogério, Ale, Silas e participação especial de Kelly Lopes (Graça Music). Ainda conta com a participação do Coral Degraus Music. O louvor explora o estilo muito usado por dirigentes como Kirk Franklin e Fred Hamond. Excelente!

“Não Pare” também encontrada no volume III. É uma das melhores. Mostra a força do soul desde a introdução. Se já não dá pra ficar parado com o swing do teclado de Waxendo, quando entra o sopro então…a casa cai (no bom sentido). “Desencosta, sai da toca, faça alguma coisa pra mudar. Parado não dá pra continuar, assim você vai congelar. Chega mais irmão, vamos adorar e Jesus Cristo vai te aquecer”. Somzeira!

“Tô Legal” é encontrado no disco “Haja” do Art-E. O hip hop é interpretado sobre a base de “Let’s Groove” do Earth, Wind & Fire. Os versos e rimas dos rappers estão muito bem feitos e encaixam-se muito bem sobre a dançante levada de baixo da música do EWF.

“Entra No Clima” foi uma das faixas mais dançantes do álbum Templo Soul & Apocalipse 16. Tem a pegada de “Não Pare”, ou seja, é uma canção TS típica. Mais uma vez os metais são um caso a parte.

“Telefone” é encontrada no segundo disco da banda e traz a participação mais que especial de Dj Alpiste. O hino versa sobre oração de uma forma que só TS e Alpiste poderiam fazer”.

“Procuram A Paz” possui uma sonoridade soul bem moderna. A letra versa sobre a suficiência de Cristo para dar sentido a nossa vida. O hino é de autoria do cantor e compositor Helmar Santana e faz parte do repertório do seu disco “Explode de alegria” produzido por Rogério.

“Mil, Dez Mil” fez parte do primeiro disco do TS. Nasceu de uma experiência que incluiu um livramento sofrido por Rogerinho um pouco antes de ser ministrado pelo baixista Abraham Laboriel e o baterista Chester Thompsom em um evento realizado na Igreja Bíblica da Paz, onde congregam os membros do grupo.

Traz mais uma vez o clima dançante do hip hop. De forma poética e dançante entoamos e tomamos posse das palavras do salmista. Destaque também para o Gui, uma criança que canta o refrão e que hoje em dia já é um pré-adolescente engrossando a voz.

“Tô Na Benção” fecha o cd com chave de ouro. Traz uma série de crianças interagindo com a galera e versando sobre adoração a qualquer hora e em qualquer lugar. A música faz parte do disco do Ministério Infantil da Igreja Bíblica da Paz. “To na bencão” também é o nome do ministério e do cd que possui composições e produção de Sarralheiro.

Em setembro de 2007 a banda abraçou um novo desafio: a gravação do seu primeiro DVD ao vivo na Igreja Bíblica da Paz – SP.

Com uma grande festa no estilo anos 70 (época que influenciou a sonoridade da banda) visam levar vidas a Jesus através do seu estilo musical, com muita adoração, evangelismo e música de qualidade.

O DVD foi produzido pelo líder da banda, Rogério Sarralheiro. O compositor e arranjador foi responsável pela direção musical do dvd do “Apocalipse 16 – 10 anos ao vivo” e também estará responsável pela produção musical e artística deste registro áudio visual.

Participações confirmadas de Luo, Ao Cubo, FLG, Art-E, Coral Degraus, dançarinos e muitas outras surpresas, bem ao estilo inusitado e dinâmico da banda.

Só nos resta aguardar…

badge_roberto.png

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: